Oficina “Agência de Notícias: Jornalismo e Mídias Digitais”

Oficina “Agência de Notícias: Jornalismo e Mídias Digitais”

Colégio Oswald de Andrade

09 Abril 2015 | 11h16

O texto abaixo foi escrito por André Bánvölgyi, estudante do 7º ano do Ensino Fundamental II. Ele faz parte da “Agência de Notícias: Jornalismo e Mídias Digitais”, uma das doze oficinas oferecidas aos alunos de 7º a 9º ano do Oswald. Confira aqui nosso post sobre o curso Oficinas.

Água: um tema de todos, inclusive dos colégios

O grupo Oswald Sustentável, que formula ideias para preservação do patrimônio escolar e do ambiente, planeja novas formas de (re)pensar como o colégio usa a água consumida.

Planejamento da reportagem

Planejamento da reportagem

Novas ideias sempre surgem no Oswald Sustentável; até agora, as reuniões às terças-feiras envolvem mais alunos do 6ºano do que nunca, depois da sua criação, há três anos. “A função do aluno é protagonizar, se envolver em projetos, ter atividades entusiasmantes, pois acho que a palavra ‘entusiasmo’ é tudo, principalmente para vocês, jovens, que têm muitos sonhos a realizar pela frente”, explica Efigênia, do departamento de editoração do colégio,  uma das principais criadoras do grupo.

Como a questão da água no Brasil, principalmente na capital paulista, é crítica, o grupo tratou de se envolver com projetos que promovam formas sustentáveis – e econômicas – de usar a água. No ano passado, na criação de projetos sustentáveis para o descarte do papel e do lixo usado pela escola e seus alunos, seus membros elaboraram – e imprimiram para afixar nos muros da escola – cartazes ilustrativos e informativos sobre o desperdício de papel e lixo.

A tendência este ano é fazer o mesmo, mas de forma mais sustentável. Segundo os membros do grupo, não se trata de espalhar cartazes em “qualquer lugar”, pois isso, no fim, desperdiçaria recursos além do necessário para promover a ideia. Portanto, a proposta adequada seria afixar esses papéis somente onde for necessário, como, por exemplo, ao lado de bebedouros.

Outros projetos também foram propostos, como, por exemplo, simplesmente pendurar ou amarrar garrafas nas paredes próximas a bebedouros e escrever nelas uma mensagem, orientando para reutilizar as garrafas pet e economizar. Segue a explicação do principal criador do grupo, Nelson, professor de Ciências, que sempre comparece às reuniões: “Há alguns anos, aqui na escola, chegou um aluno meu do Ensino Médio e disse ‘Nelson, temos que bolar um jeito para as pessoas não desperdiçarem a água gasta no bebedouro porque, quando a água bate na boca, ela volta para o ralo, e tenho certeza de que isso gasta muitos litros de água por dia’”.

Perto da sua criação, o grupo já havia pensado em outras formas de promover ideias econômicas relacionadas à água na escola: colocar papéis plastificados nas paredes em frente às privadas, onde estaria escrito “não jogue papéis na privada”, “dê a descarga corretamente” etc. Além disso, outra ideia foi a de implantar em todos os banheiros da escola torneiras de botão, que param aproximadamente dez segundos depois de ligada.

Em algumas reuniões, são lembrados ao grupo alguns links que falam sobre a água em SP. Segundo nós, jornalistas do 7º ano, a reportagem mais completa é a que foi publicada pelo TAB, seção do UOL em que são realizadas reportagens multimídia. Esse site também tem a ver com a matéria abordada no 6º ano, que fala sobre rios que foram enterrados no passado e substituídos por represas.

Confira nossas outras matérias jornalísticas, onde explicaremos de forma mais clara o que é e como funciona o Oswald Sustentável – além de entrevistas com os membros do grupo – e notícias e reportagens com outras pautas interessantes.

Assista, aqui, ao documentário produzido pelo grupo Oswald Sustentável sobre a questão do lixo.

Mais conteúdo sobre:

águaoficinasOswaldsustentável