Vídeo de caderno de prova do Enem é falso, diz MEC

Gravação circulou nas redes sociais na manhã deste sábado; 8,7 milhões de pessoas se inscreveram para o exame

O Estado de S. Paulo

08 Novembro 2014 | 11h33

SÃO PAULO - A assessoria de imprensa do Ministério da Educação (MEC) informou neste sábado, 8, que o vídeo com um suposto caderno de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 é falso. A gravação tem circulado em redes sociais, como o Facebook e o Whatsapp.

Nas duas últimas edições, a realização do exame ocorreu sem maiores problemas logísticos. Entre 2009 e 2011, o MEC enfrentou graves falhas de organização, como o vazamento de perguntas e erros de impressão da prova. Essa será a maior edição do Enem, com 8,7 milhões de participantes. 

Durante o fim de semana do Enem, o ministério montou um esquema para monitorar as redes sociais. Em coletiva nessa sexta-feira, 6, a pasta alertou que os candidatos que fizerem selfie durante a prova serão eliminados.

Mais conteúdo sobre:
enem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.