Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

‘Vi melhora na produtividade’, diz empreendedora

Para melhorar o desempenho de sua marcenaria, a empresária Priscila Zocchio decidiu fazer um curso de capacitação no Sebrae

Entrevista com

Priscila Zocchio

MARCELO BURGOS, Especial para O Estado

30 Junho 2016 | 05h00

Depois de 15 anos trabalhando no mercado corporativo, no qual atuava em indústrias de autopeças, a pedagoga e pós-graduada em Gestão e Estratégia de Mercado Priscila Zocchio decidiu alçar voo solo. Primeiramente, como fotógrafa - a pedagoga montou um estúdio especializado em mulheres, gestantes e bebês. Depois, virou sócia do marido na sua marcenaria. Para melhorar o desempenho da empresa, Priscila resolveu, então, fazer o Empretec, curso do Sebrae para empreendedores. 

Qual sua avaliação sobre o Empretec? 

O curso do Sebrae tem grandes vantagens. Ele prepara para a tomada de decisão, ao ajudar o aluno a estabelecer metas e a avaliar suas atitudes na prática, em uma empresa que é criada durante o curso. Outra qualidade desse curso é que há intenso networking entre os participantes, o que certamente reflete no retorno do aluno ao dia a dia da empresa. Esses contatos profissionais são primordiais para a troca de experiências, que continua mesmo depois do fim das aulas.

Como funciona o curso?

Em uma imersão de uma semana, os alunos criam uma empresa, passando por todas as etapas: nome, plano de negócio, concorrência. E ela tem de dar lucro. Como o mergulho é muito intenso, mexe com as pessoas, que têm de estar bem disponíveis para participar. 

Qual foi o resultado do curso no seu negócio? 

Logo que deixei a empresa onde trabalhava, apostei na minha paixão, a fotografia, e montei um estúdio. Não fiz plano de negócio nem pensei em estratégia de mercado. Com isso, acabei montando um estúdio, mas esse não era o modelo ideal. Já na marcenaria, que a família já tinha, usei muito do que aprendi no curso do Sebrae. Arrumamos a casa, trabalhamos com metas realistas e já começamos a sentir diferença na produtividade da empresa.

Mais conteúdo sobre:
Sebrae

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.