Vestibular da Unicamp terá provas em Goiânia e Porto Alegre

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) fará as provas do seu vestibular também em Porto Alegre e Goiânia, a exemplo do que já vem ocorrendo em Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e Salvador. A comissão organizadora do vestibular de 2004 informou nesta quinta-feira que somente as provas de aptidão (para Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Dança, Educação Artística, Música, e Odontologia) deverão ser prestadas em Campinas (SP).Em Porto Alegre, as inscrições serão feitas em 27 e 28 de setembro (sábado e domingo), na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), no prédio da Faculdade de Educação, campus central. O Manual do Candidato, acompanhado da Revista do Vestibulando Unicamp, estará à venda na agência Banespa de Porto Alegre (Rua Sete de Setembro, 1136), a partir de 25 de agosto.Em Goiânia, as datas são as mesmas. A inscrição será feita no Colégio Dom Bosco (Alameda dos Buritis, Setor Oeste) e o Manual do Candidato estará à venda na agência Banespa de Goiânia (Rua Três, 997). Os candidatos poderão também obter o material para inscrição por meio do site da comissão do vestibular da Unicamp.Atrair bons alunosSegundo o coordenador geral do vestibular, Leandro Tessler, a realização de provas fora do Estado de São Paulo busca facilitar a participação de estudantes de outras regiões do País. "A Unicamp sempre despertou muito interesse no Rio Grande do Sul e Goiás", disse ele, através da assessoria de comunicação.O interesse pela Unicamp é grande, e a universidade procura "atrair bons alunos" de todo o País, desde a criação Vestibular Nacional, em 1988."O ensino médio no Rio Grande do Sul é considerado um dos melhores do Brasil, e esta é uma das razões que nos levaram a buscar candidatos em Porto Alegre?, afirmou. "E temos recebido muito bons alunos de Goiânia e região, o que evidencia da existência de bons colégios e bons estudantes, que queremos atrar."ProvasA primeira fase do Vestibular Unicamp 2004 será em 23 de novembro (domingo) e terá duas partes: uma redação e 12 questões dissertativas gerais sobre matemática, física, química, biologia, história e geografia. Para ir à segunda fase, o candidato deve atingir 50% de aproveitamento no total da prova (redação mais questões).A segunda fase envolve oito provas com 12 questões dissertativas cada uma, que serão aplicadas em quatro dias consecutivos, a partir de 11 de janeiro de 2004 (Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa e Ciências Biológicas). Dia 12 serão as questões de Química e História, dia 13, de Física e Geografia, e dia 14, de Matemática e Língua Estrangeira (Inglês ou Francês). O candidato terá de acertar 12 questões por disciplina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.