Verba para merenda escolar terá R$ 0,15 por aluno

O Ministério da Educação anunciou um aumento de 15,38% no valor da merenda escolar. Com o acréscimo - que vale a partir deste mês -, o MEC passará a pagar R$ 0,15 por aluno matriculado na pré-escola ou no ensino fundamental.O ministério quer que, em 2005, o valor salte para R$ 0,18. Mas, para que isso seja possível, será preciso que o Orçamento para a área tenha um acréscimo de R$ 200 bilhões."São mais de 35 milhões de estudantes. Um pequeno reajuste provoca grande impacto nas contas", disse o presidente do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), José Henrique Paim Fernandes.O ministro da Educação, Tarso Genro, afirmou que o aumento reflete uma decisão do governo de garantir a merenda, um item fundamental para a segurança alimentar. Este é o segundo aumento desde 2003.Ano passado, o valor por aluno passou de R$ 0,06 para R$ 0,13. O benefício também passou a ser oferecido em creches e comunidades indígenas.No entanto, o projeto para ampliar o merenda escolar para alunos do ensino médio ainda está na gaveta, por falta de verbas. Pelas contas do FNDE, poderiam ser beneficiados com o programa 8 milhões de estudantes.O aumento anunciado na segunda-feira deverá representar para o MEC um gasto adicional de R$ 14,3 milhões mensais."Mesmo com o aumento, o valor ainda é muito pequeno. De qualquer forma, o acréscimo mostra uma boa vontade do ministério em resolver o assunto", avaliou o presidente do Conselho de Secretários de Educação, Gabriel Chalita.

Agencia Estado,

03 de agosto de 2004 | 12h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.