Vale abre 600 vagas de estágio em nove Estados

Oportunidades são para alunos dos níveis técnico e superior; salários variam de R$ 600 a R$ 900

Estadão.edu,

26 Março 2012 | 18h25

A Vale abre na segunda-feira, 2 de abril, as inscrições para 600 vagas de estágio. Podem se candidatar estudantes do ensino técnico e superior dos seguintes Estados: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe. As inscrições devem ser feitas pelo site www.vale.com.br/oportunidades até dia 22 de abril.

 

No nível superior, as oportunidades são para diversos cursos, entre eles Engenharia, Administração, Economia, Ciências Contábeis, Ciências da Computação, Pedagogia, Comércio Exterior, Comunicação Social, Logística, Análise de Sistemas, Biblioteconomia e Psicologia. A lista completa e a divisão de cursos, por Estado, estão disponíveis no site.

 

No nível técnico, alunos de mais de 20 cursos estão aptos a participar da seleção, entre eles Segurança do Trabalho, Edificações, Eletromecânica, Mecânica, Eletroeletrônica, Informática e Química.

 

Para participar do processo seletivo, os universitários devem ter a conclusão do curso prevista para o período entre julho de 2013 e julho de 2014, além de ter conhecimentos de inglês e de informática. Para os candidatos de nível técnico, a exigência é que tenham formatura prevista até julho de 2013 ou que sejam formados na parte teórica, desde que não tenham cumprido toda a carga horária de estágio obrigatório e ainda estejam matriculados na instituição de ensino.

 

Os selecionados iniciarão o estágio a partir de agosto e receberão bolsa-auxílio mensal de R$ 600 ou R$ 900 (os valores variam conforme o curso, nível e carga horária), assistência médica e seguro de vida. Nas unidades onde a empresa não oferece transporte e restaurante, os estagiários também receberão vale-transporte e vale-refeição. A carga horária do estágio varia entre quatro e seis horas, dependendo das atividades a serem desenvolvidas.

Mais conteúdo sobre:
Estágio Vale

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.