USP sobe 20 posições em ranking britânico

Universidade é a única da América Latina entre as 200 primeiras

Estadão.edu,

04 Outubro 2012 | 09h26

A Universidade de São Paulo (USP) subiu 20 posições no ranking mundial de instituições de ensino superior divulgado em Londres pela Times Higher Education nesta quarta-feira, 3. No ano passado, a instituição aparecia em 178º lugar e agora está em 158º. A Unicamp, que também aparece na lista, ficou na faixa das posições 251 a 275 – não há posição específica depois das 200 primeiras. A classificação também representa uma melhora, já que no ano passado a Unicamp estava entre 276 e 300 melhores.

As posições das duas brasileiras são as melhores da América Latina. Estão na lista também a Universidade Autônoma do México e a Universidade dos Andes, da Colômbia, entre o 351 e 400 lugares.

O primeiro lugar do ranking ficou novamente com o Instituto de Tecnologia da Califórnia, nos Estados Unidos, seguida pela Universidade de Stanford (EUA) e Oxford (Grã-Bretanha), empatadas em segundo lugar. Harvard (EUA) que esteve oito anos no topo - de 2003 a 2010 -, aparece apenas na quarta posição. Completam a lista das 10 melhores universidades o Instituto de Tecnologia de Massachusetts -MIT (EUA), a Universidade de Princeton (EUA), Cambridge (Grã-Bretanha), Imperial College London (Grã-Bretanha), Universidade da Califórnia (EUA) e de Chicago (EUA).

A elaboração do ranking leva em conta 13 indicadores, entre os quais o desempenho das instituições em ensino, pesquisa, inovação, citações e presença internacional.

Mais conteúdo sobre:
USP, ranking britânico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.