SERGIO CASTRO/ESTADÃO
SERGIO CASTRO/ESTADÃO

USP prevê repasse R$ 189,5 mi menor no ano

Queda, segundo Comissão de Orçamento e Patrimônio, é de 3,92% - de R$ 4,838 bilhões para R$ 4,649 bilhões

Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

19 Maio 2015 | 03h00

A USP prevê receber R$ 189,5 milhões a menos do governo estadual do que o previsto para 2015. A queda nos repasses, segundo a Comissão de Orçamento e Patrimônio, é de 3,92% - de R$ 4,838 bilhões para R$ 4,649 bilhões. A mudança é reflexo do pior cenário econômico. 

Para o cálculo, a comissão menciona a perspectiva de retração do Produto Interno Bruto (PIB) em 1%. O Estado de São Paulo, de forte industrialização, deve sofrer ainda mais com o desaquecimento da economia. O documento da USP ainda diz que o total previsto de repasses foi “superestimado.”


A Secretaria do Planejamento, responsável por estimar a arrecadação, não comentou o documento. Em novembro, a pasta havia dito ao Estado que o cumprimento das projeções era “completamente possível”. O governo calcula hoje que a arrecadação de ICMS deve ser R$ 4,8 bilhões menor do que os R$ 95,2 bilhões previstos. 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, ponte entre o governo do Estado e a USP, afirma que está garantida a cota de 9,57% de ICMS às três universidades. Diz ainda que no primeiro trimestre foram repassados R$ 2,1 bilhões às instituições, ante R$ 1,97 bilhão no mesmo período de 2014. Com a correção inflacionária, porém, o total é 1,6% mais baixo.

Mais conteúdo sobre:
USP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.