USP Leste quer novo adiamento das aulas

Docentes acreditam que não há estrutura e tempo suficiente para organizar a transferência das atividades

Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

21 Março 2014 | 17h18

Atualizado às 17h29.

A Comissão de Graduação da USP Leste quer adiar novamente o início das aulas da unidade, previsto para esta segunda-feira, 24. Após o comunicado da reitoria sobre a transferência das atividades acadêmicas, o grupo propôs nesta sexta-feira, 21, não retomar as atividades acadêmicas na data programada e divulgar novo calendário na semana que vem.

A comissão ainda está reunida para discutir a ideia. Parte dos professores e dos 5 mil alunos da unidade estão divididos sobre nova prorrogação, o que pode prejudicar ainda mais o cumprimento do calendário letivo.

De acordo com a diretora da unidade, Maria Cristina de Toledo, ainda não há definição sobre a mudança. A justificativa dos professores para a decisão é a falta de espaço adequado para abrigar as aulas e a falta de tempo hábil para organizar o início do ano letivo. Um comunicado sobre o calendário será divulgado pela reitoria ainda nesta sexta-feira. Independente da decisão, haverá funcionários e professores para receber os alunos que chegarem aos locais de aulas na segunda-feira.

Mais conteúdo sobre:
usp leste usp câmpus contaminado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.