USP divulga aprovados em curso semipresencial

Graduação em Licenciatura em Ciências é feito em parceria com a Univesp

Estadão.edu

30 Setembro 2010 | 18h48

A Fuvest divulgou nesta sexta-feira a primeira chamada para o curso de Licenciatura em Ciências da Universidade Virtual do Estado de São Paulo em parceria com a USP. As matrículas deverão ser realizadas nos dias 4 e 5 de outubro. As aulas começam dia 18. Confira aqui a lista de aprovados.

 

Finalizadas no dia 27 de agosto, as inscrições para o processo seletivo contaram com uma média de 4,92 candidatos por vaga. O curso é o primeiro de graduação semipresencial USP.

 

O objetivo é formar profissionais capacitados para atuar na educação básica, com foco na educação científica, área em que o Brasil ainda é carente. Na última avaliação internacional do Programa Internacional de Avaliação dos Estudantes (PISA), de 2006, o Brasil ficou na 52ª posição em desempenho em ciências, entre os 57 países avaliados.

 

Tecnologias. O novo curso fará uso intensivo das novas Tecnologias de Comunicação e de Informação (TICs) no ensino, com 52% da carga horária desenvolvida por atividades a distância, o que garante flexibilidade de horário e possibilita a quem vive longe dos grandes centros ou a quem já está no mercado de trabalho - como professores em exercício - cursar a graduação.

 

Univesp. A Universidade Virtual foi criada em 2008 com o objetivo de ampliar o acesso à educação superior pública, em parceria com as três universidades paulistas - USP, Unicamp e Unesp - e com o Centro Paula Souza. A estrutura da Univesp agrega ainda outras instituições, entre elas a Fundação Padre Anchieta, a Fapesp, a Fundap e a Procuradoria Geral do Estado.

 

Os cursos oferecidos têm o seu projeto acadêmico e seus conteúdos formulados pelas instituições de ensino que os propõem. São elas também as responsáveis pelo processo de seleção para o ingresso dos alunos, bem como pela avaliação de seu desempenho nos cursos. À Univesp cabe garantir as condições materiais, financeiras e tecnológicas para a realização desses cursos, acompanhando, de modo integrado com a instituição parceira, o seu desenvolvimento e o aproveitamento dos alunos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.