USP define calendário das próximas eleições para reitor

Estudantes ocupam reitoria desde terça-feira contra o sistema eleitoral da cúpula da universidade

Victor Vieira, O Estado de S. Paulo

03 Outubro 2013 | 17h01

A Universidade de São Paulo (USP) agendou para 19 de dezembro a próxima eleição para reitor e vice-reitor da instituição, já com as mudanças aprovadas nesta semana pelo Conselho Universitário. O prédio antigo da reitoria está ocupado desde terça-feira, 1º, por um grupo de alunos que reivindicam eleições diretas para a cúpula da universidade. Cerca de 2 mil representantes de estudantes, docentes e servidores escolherão a lista tríplice de chapas a ser encaminhada ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), que dará a palavra final.  

Os candidatos a reitor e vice-reitor deverão inscrever previamente suas chapas e seus programas de administração. A Comissão Eleitoral divulgará em 15 de outubro a lista de candidaturas deferidas no site da Secretaria Geral da universidade. Os inscritos deverão abandonar funções de chefia ou direção para concorrer à vaga. Cinco dias antes da eleição, a universidade divulgará o resultado da consulta informativa, sem caráter deliberativo, feita a todos os alunos, professores e funcionários, cujos votos serão contados separadamente. 

Também foram designados os membros da Comissão Eleitoral, responsáveis por coordenar o processo de eleição. O grupo será presidido pelo professor Wanderley Messias da Costa e também contará com os docentes Francisco de Assis Leone, Carlos Eduardo Falavigna da Rocha, José Rogério Cruz e Tucci, Marisa Aparecida Bismara Regitano D’Arce e Waldyr Antonio Jorge.

A primeira reunião do Conselho Universitário, órgão máximo da universidade, em 2014 continuará o debate sobre o processo eleitoral da USP. O mandato do atual reitor, João Grandino Rodas, termina em 25 de janeiro. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.