Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

USP aprova criação de curso de Medicina em Bauru

Graduação oferecerá 60 vagas; até então, carreira só era oferecida na capital e em Ribeirão Preto

O Estado de S. Paulo

04 Julho 2017 | 19h56

SÃO PAULO - O Conselho Universitário da Universidade de São Paulo (USP) aprovou na tarde desta terça-feira, 4, a criação de um curso de Medicina no câmpus de Bauru, no interior de São Paulo. 

Hoje a USP oferece a carreira só na capital e em Ribeirão Preto. O novo curso no interior, que tem previsão para começar já no próximo vestibular, deve oferecer 60 vagas. 

Também foi aprovada a inauguração de um bacharelado de Biotecnologia na USP Leste. 

Cotas. O Conselho Universitário, instância máxima da instituição, discute, ainda nesta terça-feira, a implementação de cotas de 50% para alunos da rede pública em todos os cursos e turnos da instituição até 2021. 

Se aprovada a proposta, será a primeira vez que a universidade prevê uma reserva de vagas geral nas graduações. O texto não indica reserva de cadeiras para pretos, pardos e indígenas (PPI).

 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO USP Leste USP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.