Universitários pedem dinheiro na rua para comprar comida

Greve na UFSCar de São Carlos fechou restaurante; estudantes conseguiram arrecadar R$ 250 e compraram alimentos

Sandro Villar, Especial para o Estado

30 Maio 2015 | 22h45

Cerca de 20 estudantes da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), no interior paulista, saíram à ruas na tarde deste sábado, 30, com a missão de pedir dinheiro para comprar comida. Foi o jeito que eles encontraram para não ficar sem refeições depois que o restaurante da universidade fechou temporariamente, nesta sexta-feira, 29, por causa da greve dos funcionários, que exigem, principalmente, reposição das perdas salariais. 

Os universitários abordaram os motoristas e, horas depois, tinham arrecadado R$ 250. A mãe de um aluno e estudantes não bolsistas também ajudaram. O dinheiro foi usado para comprar alimentos.

Eles dividiram a compra e afirmaram que continuarão pedindo dinheiro enquanto o restaurante permanecer fechado.

Em nota, a UFSCar informou que o restaurante voltará a funcionar parcialmente a partir desta segunda-feira, 1.    


Mais conteúdo sobre:
UFSCar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.