Universidades vão capacitar professor da rede pública

O Ministério da Educação vai investir R$ 40 milhões nos próximos quatro anos para que 20 universidades façam programas de formação de professores da rede pública, preparando material didático e cursos presenciais e a distância. A meta é atender 400 mil docentes na Rede Nacional de Formação Continuada até o final de 2008.Universidades de 14 Estados estão associadas ao programa, mas o MEC pretende levar a rede a todo o País, por intermédio de convênios com organizações não governamentais, outras universidades e até empresas.A intenção é unificar o tipo de formação oferecida aos professores. Hoje cada município ou Estado pode contratar qualquer curso. Com a criação do programa, o MEC vai repassar recursos para aqueles que trabalharem com as instituições das redes.Cada instituição receberá R$ 500 mil por ano. As 20 universidades vão trabalhar em cinco áreas, desenvolvendo programas específicos - alfabetização e linguagem, educação matemática e científica, ensino de ciências humanas e sociais, artes e educação física e gestão e avaliação da educação.O convênio está para ser assinado e o programa deve ser posto em prática a partir do segundo semestre.

Agencia Estado,

28 de maio de 2004 | 12h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.