Universidades russas oferecem vagas para brasileiros

Estudantes brasileiros têm, até 15 de janeiro, a oportunidade de se inscrever no processo seletivo das cinco melhores universidades russas. A iniciativa é parte do programa de estudos da Associação Latino-americana Russa de Estudos Superiores, representante oficial das instituições no Brasil. Estão abertas 120 vagas para cursos de graduação e pós-graduação em ciências humanas, exatas e biológicas. Os interessados que se inscreverem até essa data podem embarcar já na última semana de março.Fazem parte do programa instituições como a Universidade Estatal de Bélgorod (30 vagas); a Universidade Aeroespacial de Moscou (10 vagas), o mais avançado centro de estudos e pesquisas em aviação e ciências espaciais da Rússia; e a Academia Médica Sechenov (30 vagas). Além delas, o aluno ainda pode escolher pela Universidade da Amizade dos Povos (30 vagas), que recebe centenas de estudantes de diversos países semestralmente, e a Universidade Estatal de Moscou Lomonosov (20 vagas). Embora não seja aplicado um teste tradicional como o vestibular brasileiro, o interessado em estudar na Rússia passa por um processo seletivo, avaliado pela universidade de sua escolha e administrado pela Associação no país. O candidato passa por uma avaliação que inclui, entre diversos processos, reunião com os pais, análise de histórico escolar, exames de saúde, exames toxicológicos e checagem de antecedentes criminais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.