SERGIO CASTRO/ESTADÃO
SERGIO CASTRO/ESTADÃO

Universidades abrem mais de 60 mil vagas no meio de ano

Instituições públicas e privadas fazem processo seletivo para ingresso no segundo semestre; federais ainda não divulgaram vagas

Amanda Souto Maior, Especial para o Estado

19 Maio 2015 | 03h00

Instituições de ensino superior públicas e particulares oferecem no vestibular que realizam agora, no fim do primeiro semestre, pelo menos 60 mil vagas de graduação, segundo levantamento feito pelo Estado.

Entre as federais, 24 de várias partes do País terão processo seletivo para o segundo semestre, como a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O total de vagas que serão abertas ainda não foi divulgado - o calendário deve sair entre o fim de junho e o início de julho. A seleção será com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014.

O estudante Thiaro Meireles, de 18 anos, do cursinho Objetivo, vê a seleção no meio do ano como boa oportunidade. “O Enem abre portas, mas a concorrência é bem maior. Já venho estudando com foco nas universidades que têm vestibular de inverno. O número de pessoas que tentam as provas neste período é menor”, explica o aluno, que prestará vestibular para Medicina na Faculdade Santa Marcelina (Fasm) e na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). 


Para o professor Elcio Bertolla, do CPV Vestibulares, embora o número de concorrentes seja menor, a preparação dos candidatos costuma ser mais precisa. “São estudantes que, normalmente, concluíram o ensino médio no ano anterior e já vêm se preparando de maneira focada, com um curso preparatório e interesse em universidades específicas.”

Das 60 mil vagas oferecidas, em torno de um terço está disponível em cursos a distância.

Perfil do candidato. O vestibular de meio de ano atende a estudantes de vários perfis. “Temos alunos que já fizeram a prova no fim do ano, ‘treineiros’ e candidatos que organizaram os estudos em seis meses”, explica a coordenadora pedagógica do Cursinho da Poli, Alessandra Venturi.

A estudante Jeniffer Araújo, de 19 anos, está reforçando o estudo nas matérias que acha mais difícil. “Tenho muita dificuldade em Física e Matemática, estudo duas horas por dia cada uma. Apesar do nervosismo, estou confiante. O curso é disputado, mas acredito estar preparada.” Ela prestará vestibular de Medicina nas Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI), em junho.

Para a coordenadora do Cursinho do XI, Augusta Aparecida Barbosa, boa parte dos candidatos presta vestibular no meio do ano para entrar no ritmo. “Muitos ficam nervosos antes do exame, mas quem se preparou e se organizou com os conteúdos fará a prova tranquilamente.”

A aluna Marleidy Toma, de 18 anos, prestará vestibular para Engenharia Química na Universidade Estadual Paulista (Unesp) como “treineira”. “Quero conhecer a prova.” Ela tentará a Universidade de São Paulo (USP) no fim do ano.


DICAS

A coordenadora do Cursinho da Poli ressalta cinco pontos importantes para os estudantes nesta reta final:

1. Familiarize-se com a prova. É essencial saber administrar a resolução de questões e o tempo do exame

2. Simule o momento da realização do exame resolvendo questões de provas de edições anteriores. Aqui, você encontra dois exames: (1) prova comentada pelo Cursinho Objetivo e (2) prova desenvolvida pelos professores do Cursinho da Poli e a correção

3. Após resolver as provas, corrija, avalie os erros e invista nos conteúdos em que obteve menos acertos 

4. Leia o edital com atenção, conheça o processo da universidade para qual vai prestar

5. Evite atrasos. Vá antecipadamente ao lugar da prova para calcular o tempo de chegada


SAIBA MAIS

Sobre os processos seletivos do meio do ano:

Federais:Chance nas públicas

Fatec: A moda é reinventar

Senac: Como a vida real

Insper: Formação 2 em 1

Faap: Novidade em artes

BelasArtes: Comunicar é preciso

PUC-Campinas: Mundo dos games

Mackenzie: Engenharia à noite

ESPM: Contemporânea

Metodista: Ensino a distância

Anhembi Morumbi: De olho na prática

UNIB: Tecnológica também

FEI: Automação em foco

UNIP: De curta duração

FGV: Humanidades e gestão

UNESP: Agronomia em alta

Outros vestibulares

Mais conteúdo sobre:
Vestibular de invernovestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.