Universidade Federal de São Paulo adere ao novo Enem

Cada curso deverá decidir individualmente se Enem será primeira fase ou forma única de seleção

da Redação,

23 de abril de 2009 | 15h54

O Conselho Universitário aprovou a entrada da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) no novo vestibular unificado proposto pelo MEC. A universidade ainda decidirá, curso por curso, se o resultado do Enem será utilizado de forma única ou servirá como primeira fase do vestibular da instituição. A decisão deve sair até maio e o novo modelo já será aplicado a partir do vestibular de 2010.

 

Veja também:

linkAlém do vestibular, Enem deve avaliar aluno de graduação

linkReitores de universidades fazem objeções ao Enem

linkVestibulares unificados podem melhorar ensino

linkMEC quer substituir vestibular de federais por novo Enem

lista Entenda as propostas do MEC para o novo Enem

forum Você concorda com a criação de um novo Enem?

especialAs melhores escolas públicas e privadas do País, segundo o Enem

 

Segundo o pró-reitor professor Miguel Roberto Jorge, cursos mais antigos e disputados - como o de Medicina - provavelmente deverão adotar o Enem como primeira fase de seu vestibular, mas outros cursos da Unifesp poderão preferir adotar o Enem como fase única. De acordo o novo modelo será alternativa viável para trazer mais estudantes a novos cursos da universidade.

 

A seleção do vestibular de 2010 será feita com base na edição do novo Enem de 2009, que está marcado para outubro. A prova terá 200 questões e redação, que serão realizadas em dois dias. Os estudantes poderão escolher a até cinco opções de cursos em diferentes instituições e o resultado da prova é válido por três anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.