Universidade Estadual da BA adia data de vestibular por conta da greve

A paralisação de professores da rede estadual de ensino já dura 90 dias

Estadão.edu,

10 Julho 2012 | 14h57

A Universidade Estadual da Bahia (Uneb) divulgou na noite desta segunda-feira, 9, que a data de aplicação das provas do vestibular 2013 da instituição foi adiada. Em nota, a universidade informa que a decisão foi tomada pela reitoria para atender a um pedido do movimento estudantil secundarista da rede pública estadual e do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da universidade. Os professores da rede estadual de ensino estão em greve há 90 dias.

A aplicação das provas do processo seletivo acontecerá nos dias 13 e 14 de janeiro de 2013. Anteriormente, o vestibular estava previsto para os dias 25 e 26 de novembro deste ano.

Os professores reivindicam reajuste salarial linear de 22,22% para toda a categoria, pago até o fim do ano. O governo, que concedeu o mesmo índice de aumento apenas aos professores da rede que não têm curso superior (para que eles pudessem ser enquadrados dentro do piso nacional da categoria), argumenta que o orçamento não comporta o pleito.

Foi oferecido aos docentes que têm curso superior (e já recebiam mais do que o piso nacional) reajuste automático de 6,5%, o mesmo que receberam os demais servidores do Estado este ano, além de duas progressões de carreira, em novembro e abril. De acordo com a administração estadual, com as progressões, os reajustes salariais da categoria seriam de entre 22% e 26%.

Mais conteúdo sobre:
greve estadual

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.