Unifesp inicia obras no câmpus de Diadema na próxima semana

Serão investidos R$ 6,1 mi na reforma e adequação de dois prédios

Estadão.edu

23 Abril 2010 | 17h45

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) inicia na próxima semana os serviços de reforma e adequação da unidade Conforja, uma das três do câmpus de Diadema, na região metropolitana da capital. Serão dois prédios para abrigar cerca de 2.200 alunos a partir de 2011. As obras estão orçadas em R$ 6,1 milhões.

 

O câmpus terá dois prédios, sendo um com 17 laboratórios de graduação e pesquisa (6 mil metros quadrados) e outro para 16 salas de aula com capacidade para 50 alunos (1,5 mil metros quadrados).

 

Em Diadema, a Unifesp oferece sete cursos de graduação: Ciências Ambientais, Ciências Biológicas, Engenharia Química, Farmácia e Bioquímica, Licenciatura Plena em Ciências, Química e Química Industrial. No primeiro ano, todos os alunos têm de cumprir um programa com aulas de física, matemática, química e biologia.

 

O transporte dos alunos entre as três unidades da instituição em Diadema será feito gratuitamente por meio de dois micro-ônibus já adquiridos pela universidade. Atualmente, 1.330 alunos estão matriculados.

Mais conteúdo sobre:
unifesp expansão vestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.