Unicef lança kit de defesa da criança no Brasil

A melhor forma de quebrar o ciclo da pobreza é investir em programas que garantam o desenvolvimento infantil nos seis primeiros anos de vida. A conclusão é do Unicef que, para ajudar os pais a cuidarem dos filhos na primeira infância, elaborou o kit "Família Brasileira Fortalecida", uma publicação inédita no mundo. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a diretora executiva do Unicef, Carol Bellamy, que vem ao Brasil especialmente para a cerimônia, lançam amanhã no Palácio do Planalto o kit. Com uma linguagem simples, o kit reúne informações sobre alimentação e estímulos necessários para garantir um desenvolvimento adequado da criança e lista também direitos das famílias, como a primeira certidão de nascimento gratuita e posto de saúde próximo de casa para vacinar o filho. O oficial de projetos do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Halim Antônio Girade, diz que pesquisas mostram que, na primeira infância, a criança desenvolve habilidades e comportamentos que ficam para o resto da vida. São nos primeiros três anos de vida, por exemplo, que as ligações entre as células do cérebro, chamadas sinapses, se formam. Não basta garantir alimento, as crianças precisam de estímulos. "Tocar, olhar, cantar e contar histórias para o filho é absolutamente fundamental", alerta. Uma criança de três anos tem o dobro de sinapses de um adulto. A partir dos dez anos, tais conexões começam a reduzir-se e permanecem as usadas mais repetidamente.

Agencia Estado,

18 de abril de 2004 | 15h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.