Unicamp tem provas difíceis de química e história

"Tempo para realizar as duas provas tem que ser bem dosado por vestibulando", diz professor

Carolina Stanisci e Elida Oliveira, Especial para o Estado

12 Janeiro 2010 | 10h31

O segundo dia da segunda fase do vestibular da Unicamp, na avaliação de professores de cursinho, teve grau de dificuldade de médio a alto. O índice de abstenção foi de 8,8%, maior que em 2008, quando ficou em 6,8%. Os 13.414 candidatos que fizeram as provas de química e história tiveram de resolver em quatro horas 12 questões de cada disciplina, com 2 itens cada. "Na prática, são 24 questões de história e mais 24 de química. O problema da Unicamp é o tempo curto", afirma Antonio Carlos da Costa Ramos, professor de história do Etapa. Foram cinco questões de história do Brasil e sete de história geral. Caíram conteúdos clássicos, como o período colonial e o militar, na República. "Não é novidade a prova da Unicamp ser difícil. Não é irrealizável", diz José Carlos Pires de Moura, professor de história do Anglo.    Confira a correção das provas de química e história  Acompanhe a cobertura dos vestibulares no blog A questão 17 da prova de história foi considerada complicada. O vestibulando tinha de explicar como aspectos geográficos, como correntes marítimas, influenciaram a colonização do Brasil. "Isso não é fácil para aluno do ensino médio. Envolve até navegação a vela", afirma Moura. Na prova de química, as questões exploraram matérias publicadas na revista da Fundação do Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Equilíbrios químicos, termoquímica, polímeros e até aquecimento global marcaram presença. "Foi abrangente, mas extremamente trabalhosa. O tempo para resolver as duas provas teve de ser bem dosado", diz o professor de química do Anglo João Usberco. "Foi trabalhosa", endossou Édison Camargo, do Etapa. A candidata a uma vaga no curso de Engenharia Química Erika Sayuri Costa, de 24 anos, achou a prova de química "exigente e longa". "A gente acaba dando prioridade para aquelas questões que respondemos na hora. As mais compridas ficam para o final e, às vezes, não dá tempo de fazer." Hoje, os estudantes têm provas de física e geografia, às 14h. Os portões fecham às 13h45. A primeira lista de aprovados será divulgada em 4 de fevereiro, no site da Comissão Permanente para os Vestibulares (http://www.convest.unicamp.br/).

Mais conteúdo sobre:
pontoedu vestibular unicamp química história

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.