Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Unicamp tem dia tranqüilo no início da 2ª fase

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Universidade Estadual de Campinas (Comvest) registrou abstenção de 7% nas provas de língua portuguesa, literatura e ciências biológicas, realizadas na segunda fase do vestibular 2007. Dos 14.483 aprovados para esta fase, 1.014 faltaram no primeiro dia de provas. O índice é maior que em 2006, quando a abstenção foi de 5,8%.Os maiores índices de abstenção foram registrados em Fortaleza (37,01%) e Curitiba (26,32%). Em Porto Alegre, o índice de abstenção caiu de 31,25% em 2006 para 4,76% este ano. Em Campinas, a abstenção foi 5,5% e em São Paulo foi 8,5%. "Já saíram algumas listas de aprovados em outras universidades federais e estaduais. É possível que o motivo das maiores abstenções seja o fato de o candidato já ter sido aprovado em outra universidade", afirmou o coordenador adjunto da Comvest, Renato Pedrosa. As provas deste domingo estão no site da Comvest. As respostas começam a ser divulgadas na quinta-feira. "As provas não estavam difíceis. O candidato tem de prestar atenção no enunciado. A prova da Unicamp é uma prova em que a leitura e interpretação de texto fazem diferença. Nosso objetivo é fazer o aluno aplicar o que ele aprendeu no ensino médio em situações reais", afirmou Pedrosa. A estudante Jaqueline Vanini, que completa 18 anos nesta segunda-feira, vai passar parte do dia de seu aniversário concentrada nas provas de química e história. "A prova de domingo foi tranqüila. Mais difícil que a da Fuvest, mas tranqüila", disse a candidata uma vaga no curso de Farmácia. O candidato a vaga em engenharia mecânica Lucas Erroi, 17 anos, afirmou que o fato de a Unicamp e a USP terem unificado lista de livros facilitou a vida do vestibulando. "São nove livros, é bem melhor serem os mesmos. A prova estava muito bem feita. Mas tem de prestar atenção no enunciado, porque vai muito da interpretação", disse. Nesta segunda-feira, os candidatos farão provas de química e história. Os testes de física e geografia serão aplicados na terça-feira e o último dia foi reservado para as questões de matemática e inglês. "É importante o candidato ficar atento ao horário da prova. Os portões fecham às 13h45 e segunda-feira é um dia com mais trânsito do que domingo, sobretudo em São Paulo", disse Pedrosa. A lista de aprovados em primeira chamada será divulgada no site da Comvest e no saguão do Ciclo Básico da Unicamp, em Campinas, no dia 6 de fevereiro. No domingo, a Unicamp não registrou problemas com alunos atrasados em Campinas e não houve nenhuma ocorrência médica. "Foi um dia de prova muito tranqüilo", afirmou o coordenador ajunto. Os candidatos farão provas em 27 locais de 25 cidades brasileiras - Campinas, São Paulo, Valinhos, Sumaré, Mogi-Guaçu, Jundiaí, Limeira, Piracicaba, Sorocaba, Santo André, São Bernardo do Campo, Santos, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos, Bauru, São José do Rio Preto, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Goiânia, Porto Alegre e Fortaleza. Eles concorrem a 2.954 vagas em 60 cursos. Ao todo, a Unicamp aplicará oito provas dissertativas, compostas por 12 questões que valem 60 pontos, em cada prova.

Agencia Estado,

14 de janeiro de 2007 | 20h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.