Unicamp também ficará fora do Enade

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) decidiu oficialmente não participar do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). A resolução foi tomada pela Câmara de Ensino e Pesquisa do Conselho Universitário da instituição."A decisão foi por unanimidade", afirma Carlos Henrique Brito Cruz, reitor da Unicamp. "Uma das bases para a decisão foi o fato de a Lei n.º 10.861, que criou o Enade e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), não se aplicar ao sistema estadual", comenta.A Unicamp se junta à Universidade de São Paulo (USP) ao decidir não participar do Enade e, como esta, afirma que vai acompanhar o desenrolar do Enade para uma futura revisão da sua posição no ano que vem.A única entre as universidades estaduais paulistas a confirmar a participação no Enade, criado pelo Ministério da Educação para substituir o Provão, é a Universidade Estadual Paulista (Unesp).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.