Unicamp quer mais estudantes de escolas públicas

A Unicamp anunciou hoje que pretende criar mecanismos para ampliar a participação de estudantes de escolas públicas no vestibular da universidade nos próximos anos. Este ano, 30,7% dos 45.129 vestibulandos vieram de escolas públicas. Essa média deverá ser mantida entre os aprovados.A primeira fase do Vestibular Nacional 2003 ocorreu tranqüilamente na universidade e o índice de abstenção foi de 2,93%. No ano passado o índice foi de 2,71. Os alunos disputam 2.450 vagas. Como nos últimos quatro anos, a redação e as 12 questões dissertativas da prova de hoje foram temáticas. Elas tiveram como tema evolução e progresso. De acordo com a comissão de vestibular da Unicamp, o objetivo é apostar na interdisciplinaridade e selecionar o que o professor Leandro Tessler, presidente da comissão do vestibular, chamou de "alunos especiais", com maior capacidade de interpretação e posicionamento crítico.

Agencia Estado,

24 de novembro de 2002 | 17h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.