Antonio Scarpinetti/Divulgação
Antonio Scarpinetti/Divulgação

Unicamp encerra inscrições para vestibular nesta terça-feira, 8; saiba como fazer

Instituição oferece 3.237 vagas em 69 cursos de graduação; primeira e segunda fases serão realizadas em janeiro e fevereiro, respectivamente

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de setembro de 2020 | 09h53

As inscrições para o vestibular 2021 da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) terminam nesta terça-feira, 8. Os interessados devem acessar o site da comissão organizadora (Comvest) e preencher um formulário com dados atualizados até as 23h59. A taxa de inscrição custa R$ 170, caso o vestibulando não seja contemplado pela isenção.

A universidade oferece 3.237 vagas em cursos de graduação. Destas, 639 seriam destinadas inicialmente para a seleção de candidatos por meio de notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No entanto, em caráter excepcional, a instituição cancelou este vínculo devido à incompatibilidade entre calendários.

As vagas estão distribuídas em 69 cursos oferecidos nos campi de Campinas, Limeira e Piracicaba. A Comvest afirma que o processo vai considerar as dificuldades educacionais impostas pela crise sanitária do novo coronavírus e entre as medidas adotadas no exame estão diminuições no total de questões de múltipla escolha - de 90 para 72 -, além de redução da lista de livros obrigatórios.

Como fazer a inscrição?

Os candidatos deverão preencher o Formulário de Inscrição disponível na página da Comvest, de acordo com as instruções. A comissão aceitará somente inscrições que tenham sido completadas (boleto gerado) até as 23h59 desta terça. Será aceita apenas uma inscrição por CPF, tanto de candidatos pagantes da taxa de inscrição, como os isentos. No momento do cadastro, o candidato deverá informar o número de um documento de identificação com foto, a ser apresentado nos dias de prova.

É possível fazer até duas opções de curso, desde que sejam cursos agrupados dentro da respectiva área de conhecimento: Ciências Biológicas/Saúde; Ciências Exatas/Tecnológicas; Ciências Humanas/Artes. Veja os cursos e áreas.

Após o preenchimento do Formulário de Inscrição, os candidatos deverão pagar a taxa de inscrição (R$ 170,00) até a próxima quinta-feira, 10, em qualquer agência bancária ou através do banco via internet.

O boleto para o pagamento da taxa será emitido ao final do preenchimento do formulário. Junto com o boleto, será gerado o Comprovante de Inscrição, em que constará o número de inscrição. Os candidatos isentos são dispensados do recolhimento da taxa, mas devem guardar o comprovante e o protocolo de alteração de dados, caso seja necessário.

Os candidatos pagantes deverão obrigatoriamente consultar a situação da inscrição na página da Comvest para assegurar que não houve nenhum problema com o recebimento do valor. A confirmação da inscrição estará disponível para consulta a partir de três dias úteis após o pagamento da taxa. Para essa consulta, o estudante precisará usar a senha criada no momento da inscrição.

Quais as novas cidades que terão provas?

Além das 31 cidades paulistas que receberam provas do vestibular anterior, a Comvest incluiu outras duas do Estado com objetivo de evitar aglomerações de estudantes e para reduzir deslocamentos: Barueri e Fernandópolis. A Unicamp manteve também a prova em São Paulo e mais cinco capitais estaduais: Salvador (BA), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Fortaleza (CE).

Quais conteúdos serão cobrados?

1ª fase

Com as reduções de conteúdos, o tempo máximo de prova passa de cinco para quatro horas. Para cada dia de aplicação, haverá uma prova única destinada a todos os candidatos das áreas daquela data. O exame é composto por 72 questões objetivas, distribuídas da seguinte forma:

  • 12 questões de língua portuguesa e literatura;
  • 12 de matemática;
  • 8 de cada disciplina: biologia, física, geografia/sociologia, história/filosofia, inglês e química.

2ª fase

Esta fase do vestibular terá formato inalterado, no seguinte padrão:

  • primeiro dia: oito questões de português, duas interdisciplinares de inglês e uma redação (composta por duas propostas de textos para que o candidato execute apenas uma);
  • segundo dia: seis questões de matemática; duas questões interdisciplinares de ciências humanas; duas questões interdisciplinares de ciências da natureza; e parte específica por área.

Quais livros deverão ser lidos para o vestibular?

  • Sonetos escolhidos, de Camões;
  • Sobrevivendo no Inferno, do grupo Racionais Mc’s;
  • O Espelho, de Machado de Assis;
  • O Marinheiro, de Fernando Pessoa;
  • A Falência, de Júlia Lopes de Almeida;
  • O Ateneu, de Raul Pompeia;
  • Sermões, de Antonio Vieira.

*Foram excluídas desta edição as obras literárias A teus pésO seminário dos ratosHistória do cerco de LisboaQuarto de despejo e A cabra vadia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.