Unicamp e Petrobras vão montar laboratório de pesquisa petroleira

A Universidade de Campinas e a Petrobras firmam nesta sexta-feira convênio para a construção do Laboratório Experimental do Petróleo. O laboratório será integrado ao Centro de Estudos de Petróleo (Cepetro) da universidade. Trata-se da primeira estação experimental a ser construída para investigar novas tecnologias integradas de elevação, transporte e escoamento no reservatório. As tecnologias viabilizam o aproveitamento das reservas nacionais de óleos pesados. Os óleos pesados têm viscosidade elevada e por isso exigem novas tecnologias para aumentar o fator de recuperação nos reservatórios brasileiros. A Petrobras será financiadora do projeto e doadora dos recursos para a construção. Segundo a Unicamp e a Petrobras, a união de esforços pode garantir a agilização do processo de elevação e escoamento multifásico; perfuração e engenharia de poços; técnicas avançadas de recuperação; caracterização e propriedades dos fluidos e rochas e separadores trifásicos de óleos pesados. Todas as tecnologias serão reunidas no novo laboratório.

Agencia Estado,

12 de junho de 2003 | 16h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.