Antonio Scarpinetti/Divulgação
Antonio Scarpinetti/Divulgação

Unicamp diz que foi vítima de violação em seu sistema de dados

A Coordenadoria Geral de Tecnologia de Informação e Comunicação (CITIC) da Unicamp designou uma equipe para identificar as causas do incidente e a extensão dos danos

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de janeiro de 2020 | 23h32

Em nota divulgada no site da própria instituição, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) afirma ter identificado, nesta quinta-feira, 23,  violações em alguns de seus sistemas computacionais, com consequente vazamento de dados privados. Ainda segundo a nota, o problema foi detectado pela Diretoria Acadêmica (DAC), mas pode ter afetado outros sistemas da Universidade. O incidente já foi reportado às autoridades competentes.

A Coordenadoria Geral de Tecnologia de Informação e Comunicação (CITIC) da Unicamp designou uma equipe para identificar as causas do incidente e a extensão dos danos. De acordo com o comunicado,  "medidas de contingência já estão sendo tomadas e não é necessária, por ora, nenhuma ação por parte dos usuários".

A Unicamp avisa que manterá a comunidade acadêmica informada sobre os avanços nas investigações e no trabalho de contenção dos danos. Os usuários serão comunicados caso haja necessidade de alguma ação individual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.