Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Unicamp divulga lista de aprovados para 2ª fase do vestibular

Próxima etapa do processo seletivo será nos dias 11, 12 e 13; 15.444 candidatos ainda concorrem a uma das 3.320 vagas na universidade

O Estado de S. Paulo

15 Dezembro 2014 | 11h41

SÃO PAULO - A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta segunda-feira, 15, a lista de 15.444 aprovados na primeira fase do processo seletivo 2015. Também está disponível no site da Comvest os locais de prova da próxima etapa.

Participaram da fase inicial do vestibular 70.947 candidatos. Neste ano, estão em disputa 3.320 vagas em 70 cursos de graduação da universidade. Medicina tem 10,6 vestibulandos por cadeira, carreira mais concorrida da universidade. O curso também possui a nota de corte mais elevada, de 696,3 pontos.

As notas obtidas pelos candidatos na primeira fase estarão à disposição na internet a partir do dia 6. A segunda etapa será realizada nos dias 11, 12 e 13 de janeiro de 2015. Na segunda parte do processo seletivo, os candidatos responderão questões dissertativas nas áreas de Matemática, Língua Portuguesa e Literatura, Física, Química, Biologia, História e Geografia.

A Unicamp vai aplicar a prova da segunda fase do Vestibular 2015 nas seguintes cidades: Bauru, Brasília, Campinas, Guarulhos, Jundiaí, Limeira, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba. As provas de Habilidades Específicas, para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança serão feitas em Campinas entre os dias 19 e 22 de janeiro.

A primeira chamada será divulgada dia 2 de fevereiro. Os convocados nesta chamada deverão fazer a matrícula não presencial nos dia 3 ou 4 de fevereiro, exclusivamente na página eletrônica da Comvest, em formulário específico.

Mais conteúdo sobre:
unicamp

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.