Unesp Rio Preto recebe Escola Latino-Americana de Física

Até o próximo dia 21 de julho, o campus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de São José do Rio Preto é a sede da 37ª Escola Latino-Americana de Física (Elaf), iniciada na segunda-feira, dia 17. Essa instituição é itinerante e anualmente se estabelece em algum país do continente, com o objetivo de integrar pesquisadores, além de discutir assuntos da área. O tema desta edição é Física Biológica: forças intermoleculares e energia em sistemas macromoleculares de interesse biológico.O físico José Abdala Heylael-Neto, do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), foi convidado para falar sobre a obra de José Leite Lopes, um dos criadores da Elaf, em 1959, ao lado dos também físicos Marcos Moshinsky, do México, e Juan José Giambiagi, da Argentina. O pernambucano Lopes, falecido em junho passado, destacou-se no cenário nacional e internacional nos estudos da física teórica.Além dos especialistas brasileiros, pesquisadores da Argentina, Estados Unidos e Holanda foram convidados para proferir palestras e mini-cursos. Entre eles, Constantino Tsallis, do CBPF e pesquisador do Instituto de Santa Fé (EUA); José Nelson Onuchic, da Universidade da Califórnia (EUA); Renko De Vries, da Universidade de Wagennigen (Holanda); R. Podgornik, do NHI Bethesda (EUA); Raul Grigera, da Universidade Nacional de La Plata (Argentina); Amando Ito, da USP (Universidade de São Paulo), campus de Ribeirão Preto; e Márcia Barbosa, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.O evento, que desde a década de 1960 não era realizado no Brasil, é organizado pelo departamento de Física e pelo Programa de Pós-Graduação em Biofísica Molecular do o Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas da Unesp (Ibilce).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.