Unesp recebe pedidos de isenção de taxa do vestibular de inverno

Prazo para requerer benefício começa na segunda-feira, 9, no site da Vunesp

Estadão.edu,

05 Abril 2012 | 20h32

A Unesp recebe a partir de segunda-feira, 9, os pedidos de redução de 50% e isenção da taxa de inscrição do próximo vestibular de inverno. O requerimento dos benefícios estará disponível no site www.vunesp.com.br, onde já foram publicados os critérios e procedimentos para os candidatos. A taxa de inscrição integral é de R$ 110.

 

Para concorrer à isenção, os candidatos deverão ter concluído ou estar concluindo (até 12 de julho de 2012) o ensino médio em instituição pública ou, no caso de particular, com bolsa de estudo integral; ter renda familiar média de até R$ 933 por pessoa; e residir no Estado de São Paulo ou estar vinculado a uma instituição paulista de ensino.

 

Os solicitantes de isenção deverão entregar o requerimento até dia 13 de abril nos postos da Unesp nas seguintes cidades: Bauru, Dracena, Guaratinguetá, Ilha Solteira, Ourinhos, Registro, Rio Claro, São José do Rio Preto, São Paulo e Sorocaba.

 

A redução de 50% da taxa destina-se a quem cumulativamente seja estudante regularmente matriculado no ensino médio ou em curso pré-vestibular e ainda receba menos de dois salários mínimos, ou esteja desempregado. No caso da redução, o requerimento estará disponível até o dia 12 de abril, mas no dia seguinte termina o prazo para envio da documentação e do pedido preenchido e assinado, por meio de Sedex ou correspondência com Aviso de Recebimento (AR).

 

Os resultados dos pedidos de isenção e redução serão publicados em 23 de abril, no site da Vunesp.

 

No exame de meio de ano serão oferecidas 465 vagas nos cursos de Agronomia, Geografia, Zootecnia e as Engenharias Ambiental, Civil, de Controle e Automação, de Produção, Elétrica e Mecânica. As provas serão aplicadas em duas fases, nos dias 3 de junho (primeira fase) e 23 e 24 de junho (segunda fase).

Mais conteúdo sobre:
UnespVestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.