Unesp planeja cursinho gratuito para 12,4 mil alunos

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) tem projeto pronto para a criação de um cursinho pré-vestibular gratuito, como o lançado nesta semana pela Universidade de São Paulo (USP). O objetivo da Unesp, entretanto, é oferecer quase três vezes mais vagas que a USP - seriam 12.400 alunos.Os custos para a montagem do curso, desse modo, seriam quatro vezes maiores que os da outra universidade."O nosso cursinho duraria o ano todo e estaria presente em todo o Estado", diz o pró-reitor de Graduação da Unesp, Wilson Galhego Garcia, que também espera ter o apoio financeiro do governo estadual. As aulas seriam dadas em espaços ociosos nas 31 unidades da universidade, em 23 cidades do interior paulista.Seleção pela rendaA seleção ocorreria de acordo com a renda familiar do estudante de ensino médio. A proposta prevê também que alunos da própria Unesp dêem as aulas, em troca de uma bolsa de R$ 220. A Unesp já apóia cursinhos comunitários organizados por estudantes, que atendem cerca de 2 mil alunos.Segundo Garcia, a idéia de divulgar o projeto - pronto há um ano e meio - surgiu porque a Secretaria da Educação pediu, na semana passada, a colaboração da Unesp no cursinho da USP. "Não era possível fazer um projeto para a Zona Leste em três dias."Garcia agora tenta audiência com o secretário Gabriel Chalita para expor os detalhes do cursinho, que tem custo estimado de R$ 12 milhões. A idéia é montar 124 classes, com 100 alunos cada. Cerca de 2 mil alunos da Unesp trabalhariam no projeto.

Agencia Estado,

06 de maio de 2004 | 12h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.