Unesp decide participar do Enade; USP ainda avalia

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) decidiu oficialmente participar do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). A resolução foi tomada pela Câmara Central de Graduação da instituição, nesta quinta-feira."Não nos furtamos a discutir todos os aspectos que consideramos não bem colocados, como a questão do conteúdo, da forma do processo e do instrumento de avaliação", afirma Wilson Galhego Garcia, pró-reitor de graduação. Segundo ele, "a decisão levou em conta o interesse e a importância de os alunos participarem de uma avaliação nacional".DivisãoA resolução mostra que houve uma divisão na posição que as universidades estaduais paulistas pretendem adotar em relação ao exame, que faz parte do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), criado pelo Ministério da Educação para substituir o Provão.Na semana passada, o Conselho de Graduação da Universidade de São Paulo (USP) votou por não participar do Sinaes, ao menos neste ano. "Os conselheiros preferiram esperar até que a discussão seja mais aprofundada, sobretudo a respeito da metodologia e dos conteúdos que serão exigidos", explicou a pró-reitora de graduação da USP, Sonia Penin.A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ainda não divulgou uma posição oficial, mas o Estado apurou que ela também não deverá fazer parte do exame. A decisão já estaria tomada na pró-reitoria de graduação.Comunicado conjuntoAs três universidades não são obrigadas a participar do Sinaes, por não estar submetidas ao sistema federal de ensino. Mesmo assim, as decisões serão comunicadas em conjunto ao Ministério da Educação, por meio do Conselho Estadual de Educação.Elas estão preparando um documento em que explicam suas decisões. Além de dizer a intenção de cada uma, comunicam que já fazem uma avaliação externa, instituída pelo conselho estadual, que deverá terminar em abril. O Sinaes também prevê uma avaliação institucional das universidades.No Provão, do qual todas participavam, todos os alunos faziam a prova antes de se formar. Agora, eles serão escolhidos por amostragem, no início e no fim do curso.

Agencia Estado,

03 de setembro de 2004 | 10h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.