UNE faz manifestação em defesa do Plano Nacional de Educação

Manifestantes cobraram investimento de 10% do PIB e 50% dos royalties do pré-sal

Agência Brasil,

10 Maio 2012 | 09h50

BRASÍLIA - Um ato público nesta quarta-feira, 9, em Brasília pediu urgência na aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE), que tramita em comissão especial no Congresso. Trata-se da campanha PNE Já! – 10% do PIB em Educação e 50% dos Royalties e do Fundo Social do Pré-Sal para Educação, Ciência e Tecnologia.

Os manifestantes querem ver em lei o compromisso de investir 10% do Produto Interno Bruto em educação. O ato foi organizado pela União Nacional dos Estudantes (UNE) com o apoio da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), da Academia Brasileira de Ciências e da Sociedade Brasileira de Física, entre outras entidades.

O objetivo do movimento é sensibilizar os parlamentares para a necessidade de aprovação do PNE. O plano tem como função sistematizar a educação brasileira, estabelecendo metas e estratégias para implementação entre os anos 2011 e 2020.

Mais conteúdo sobre:
UNEPNEmanifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.