UFRJ vai reformar e ampliar residência estudantil

Mais 500 alunos serão abrigados em novo módulo; projeto custará R$ 11 milhões

Agência Brasil,

27 Dezembro 2012 | 15h48

RIO - A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) anunciou que em 2013 fará a primeira reforma geral na Residência Estudantil, no campus do Fundão, zona norte. Segundo a instituição, também deve ser construído mais um módulo para 500 alunos. O projeto custará R$ 11 milhões.

 

Na primeira fase, serão reformados os 504 aparatamentos, o espaço de circulação nos andares, o telhado, as instalações da rede elétrica e hidráulica nos dois blocos. Na segunda etapa, o térreo, onde funcionam as facilidades como lavanderia, passará por obras, e por fim, as esquadrias.

 

A reforma atenderá a uma reivindicação dos estudantes e ampliará o atendimento. Com a construção do novo bloco, a previsão da UFRJ é atender mais 500 alunos, sendo que 400 estão na fila e já recebem  auxílio-moradia de cerca de R$ 800 para o aluguel.

 

A previsão é que a reforma e o novo bloco sejam entregues em agosto de 2014, “oferecendo um espaço totalmente adequado às necessidades dos alunos, mais seguro e confortável”, afirmou o reitor Carlos Levi, em nota sobre a reforma, divulgada no site da instituição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.