UFRJ triplicará recursos para bolsistas em 2005

O ano que vem será promissor para os alunos de graduação da Universidade Federal do Rio deJaneiro (UFRJ), especialmente para aqueles que dependem de bolsas para continuar os estudos. A reitoria anunciou nesta terça-feira um aumento de R$ 9,5 milhões nos recursos do orçamento de 2005 para financiamento estudantil.Com a suplementação, a universidade triplicará as despesas com bolsas, que passarão de R$ 4 milhões para R$ 13,5 milhões.?Percebemos que essa é a melhor forma de reduzir a evasão e incentivar a pesquisa e aprofundamento dos conhecimentos acadêmicos?, justificou o pró-reitor de graduação, José Roberto Meyer.EstratégiaSegundo ele, o investimento foi uma decisão estratégica tomada pela reitoria da universidade, independente de orientação do Ministério da Educação que, no entanto, aportou parte dos recursos que serão usados pela UFRJ para conceder as novas bolsas.O número de alunos beneficiados pelo financiamento só deve ser definido no início do ano que vem. De acordo com Meyer, serão ampliadas o número de bolsas de auxílio financeiro e acadêmicas.Atualmente, dos 36 mil alunos distribuídos em 139 cursos de graduação, apenas 1.350 recebem bolsa-auxílio - condicionadas ao rendimento, ao trabalho em projetos acadêmicos ou a residentes do alojamento - e 850, acadêmicas - 600 para monitores e 150 de iniciação artística e cultural.ExtensãoAlém da ampliação dessas bolsas, que pagam, em média, R$ 240, Meyer anunciou que a UFRJ também financiará cursos de extensão, que, até então, não eram contemplados pelo programa.A criação de uma nova modalidade, a bolsa-esporte, para alunos federados que participem de competições pela universidade, ainda estáem estudos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.