UFMG ajudará a combater evasão escolar em Cuba

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) vai ajudar a Universidade de Havana a combater a evasão escolar em Cuba e cooperar com projetos de biotecnologia do Instituto de Ciência Animal. A reitora Ana Lúcia Gazzola assinou cinco convênios com instituições cubanas, que permitirão intercâmbios, pesquisas e publicações conjuntas.No combate à evasão dos estudantes, a UFMG levará sua experiência como ?universidade brasileira com o menor índice de evasão e o maior em diplomação?, disse a reitora à Agência Fapesp. A instituição também ajudará a Universidade de Matanzas num projeto que envolve uma rede internacional de turismo para a erradicação da pobreza.

Agencia Estado,

26 de fevereiro de 2004 | 12h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.