TV Estadão transmite debate sobre inclusão universitária

Internautas vão poder participar do debate, enviando perguntas para a medidadora

da Redação, estadao.com.br

29 de abril de 2008 | 10h00

Nesta terça-feira, dia 29, a partir das 15 horas, a TV Estadão transmite debate ao vivo sobre inclusão nas universidades públicas do Brasil. Com mediação da jornalista Renata Cafardo, de O Estado de S. Paulo, o assunto será discutido pelo coordenador de vestibular da Unicamp, Leandro Tessler, e pelo pró-reitor de graduação da Unifesp, Luiz Eugênio Mello.   Os internautas podem participar enviando perguntas ao debate. O representante da Unicamp deve relatar a experiência da universidade sobre ações afirmativas que não utilizam cotas. Mello, da Unifesp, deverá contar a experiência da instituição, que adotou o sistema de reserva de vagas para estudantes de escolas públicas, negros e índios recentemente.   O assunto voltou a ser debatido porque a Universidade de São Paulo (USP) divulgou na semana passada uma ampliação de seu programa de inclusão, conhecido como Inclusp. A instituição criou o que foi chamado de avaliação seriada, ou seja, uma prova que será feita ao fim de cada ano do ensino médio, contando pontos para o vestibular da Fuvest. Como se trata de ação afirmativa, só podem participar estudantes de escolas públicas de São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
cotasinclusão universitária

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.