Governo de São Paulo
Governo de São Paulo

Tire dúvidas sobre a volta às aulas na cidade de São Paulo

Saiba quando as escolas reabrem, quais são as atividades permitidas e se a decisão também vale para universidades

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2020 | 16h40
Atualizado 18 de setembro de 2020 | 18h13

A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta quinta-feira, 17, o início da reabertura das escolas de educação básica para atividades extracurriculares e a liberação da retomada de aulas presenciais no ensino superior. As instituições estão fechadas desde março por causa da pandemia do novo coronavírus.

Tire suas principais dúvidas sobre a retomada abaixo:

Quando as escolas reabrem na cidade de São Paulo?

Elas poderão voltar a receber alunos a partir de 7 de outubro, mas exclusivamente para atividades extracurriculares. No entanto, escolas da rede estadual localizadas no município só poderão receber alunos do ensino fundamental a partir de 3 de novembro, conforme definiu o governo do Estado.

Quais são as atividades extracurriculares liberadas?

Atividades de acolhimento, recreação, esportes, idiomas e música.

Preciso enviar o meu filho para essas atividades extracurriculares?

Não, a adesão é totalmente opcional em todas as redes de ensino. Não é permitido, nesse período, realizar atividades de ensino regular ou de presença obrigatória dentro das instituições.

Todos os alunos vão voltar ao mesmo tempo?

Não. O secretário municipal de Educação, Bruno Caetano, disse que a Prefeitura pretende permitir somente 20% dos alunos nesta primeira etapa de abertura das escolas públicas e particulares e não 35%, como previa o protocolo do governo estadual. Essa porcentagem maior deve ocorrer apenas nas instituições de ensino superior.

Todas as escolas precisam reabrir?

Não, a decisão pela retomada é das instituições.

O que acontece se a escola reabrir antes da data planejada?

O secretário municipal de Educação afirmou que a Prefeitura já está fiscalizando e multando as instituições que abriram antes da hora. Cabe ao Estado fiscalizar as escolas de ensino fundamental e médio. 

Quando as aulas regulares retornam na educação básica?

A previsão é que a Prefeitura libere o reinício das aulas regulares para a partir de 3 de novembro.

Quando será a reabertura das universidades, faculdades e outras instituições de ensino superior?

Os cursos tecnólogos e de graduação tiveram a retomada de todas as atividades presenciais liberadas a partir de 7 de outubro.

As escolas de São Paulo terão férias em janeiro?

Segundo o secretário municipal da Educação, Bruno Caetano, isso ainda não está definido na rede municipal.

Quando termina o ano letivo de 2020?

De acordo com o governo do Estado de São Paulo, não há ainda uma definição sobre quando será o fim deste ano letivo.

Os inquéritos sorológicos vão continuar em São Paulo?

Sim, a Prefeitura seguirá com a realização de inquéritos sorológicos para aferir a presença de anticorpos da covid-19 em adultos, crianças e adolescentes da capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.