Teleconferência explica uso e fiscalização do Fundef

O Ministério da Educação e o Banco do Brasil fazem nesta quinta-feira, das 9h30 às 10h30, uma teleconferência dirigida aos 26 mil conselheiros de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Desenvolvimento do Ensino Fundamental e Valorização do Magistério (Fundef), secretários estaduais e municipais de educação, prefeitos e vereadores. A transmissão será feita a partir de Brasília, pela TV Banco do Brasil.Com ela, o MEC pretende explicar a importância de fiscalizar a aplicação dos recursos do fundo, que deve movimentar R$ 24,8 bilhões neste ano, além de orientar sobre o uso dos recursos. A teleconferência poderá ser acompanhada nas agências do BB onde o município tem a conta do Fundef. Moitores encaminharão as perguntas dos participantes.

Agencia Estado,

27 de agosto de 2003 | 15h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.