Tecnologia e metodologias avançadas expandem ensino superior a distância
Conteúdo Patrocinado

Tecnologia e metodologias avançadas expandem ensino superior a distância

Pela primeira vez no Brasil, vagas nos cursos online superaram as presenciais. Com 519 polos, FAM prioriza proximidade entre professor e aluno no ambiente virtual

FAM, Media Lab Estadão
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

21 de outubro de 2019 | 11h00

O número de vagas oferecidas pela educação a distância (EAD) superou pela primeira vez as dos cursos presenciais no Brasil, apontam dados do Ministério da Educação e Cultura (MEC). Segundo a pesquisa, divulgada em setembro deste ano, em 2018 foram 7.1 milhões de vagas disponibilizadas na EAD contra 6.4 milhões do presencial.

Essa expansão se deve em grande parte à tecnologia e as metodologias de ensino avançadas que, hoje, permitem ao estudante ter em um curso online o mesmo rendimento que em sala de aula, graças a proximidade entre professor e aluno no ambiente virtual. O Centro Universitário das Américas (FAM) é exemplo de instituição que avança no setor, utilizando os mais modernos recursos do mundo.

Saiba mais: Melhores notas valem bolsas integrais no vestibular da FAM

Isso porque a plataforma online usada pela faculdade é a mesma que a empregada nas graduações de EAD é a mesma que a empregada nas melhores universidades do mundo. “Com as ferramentas que temos disponíveis, o acesso aos professores no ambiente virtual se tornou perfeitamente possível”, explica Rogério Bandeira, vice-reitor da FAM. “A performance do aluno é cada vez melhor”, completa.

Com 521 polos de EAD, a FAM conta com 22 cursos de graduação e 21 de pós-graduação. As mensalidades custam a partir de R$ 99. “O estudante pode ter acesso a um ensino de alta qualidade, mas com o preço muito acessível”, diz o vice-reitor.

Plataforma intuitiva

Além de ampliar as possibilidades de trocas pedagógicas, os cursos de EAD da FAM trazem uma série de recursos, como o acesso aos dados de desempenho do aluno em tempo real. “O professor pode acompanhar a evolução do estudante e saber se ele assistiu toda a aula. Com isso, o docente pode criar estratégias para estimular o engajamento de quem está do outro lado da tela”, detalha Bandeira. “Além disso, com a metodologia humanizada da FAM, mesmo com o aluno estudando a distância, ele se sente próximo dos professores e tutores.”

Durante as videoaulas, o universitário consegue postar comentários no segundo exato de sua dúvida e a sua questão aparece no chat da aula ao vivo! “A ferramenta permite ainda identificar quais são os pontos de dificuldade do estudante na matéria e, assim, auxiliá-lo a tirar as dúvidas.”

Fácil de ser usada, a plataforma de aulas da FAM é intuitiva e dispensa treinamentos prévios. “O aluno interage com professores e também com colegas em fóruns de conversa e em diferentes atividades. Funciona inspirado em como nos comportamos em uma rede social mesmo”, diz o vice-reitor. “É bem simples gravar vídeos, áudios e postar para tirar dúvidas em tempo real.”

Aula pelo smarthphone

Muitos alunos dos cursos a distância, sejam de graduação ou pós, estudam pelo celular – fazem isso no metrô, ônibus, enfim, quando estão em trânsito. Para atender essa demanda crescente, todo o material utilizado na FAM é produzido internamente e alinhado ao conceito de mobile first, ou seja, todos os conteúdos são pensados e criados para funcionar no aplicativo para smartphone.

“O foco no relacionamento é uma maneira de dar ao aluno a sensação de estar em uma sala de aula, ainda que virtual e em trânsito”, explica o vice-reitor da FAM. Um exemplo disso são as aulas ao vivo em que os estudantes podem interagir com o professor em tempo real. “Todo o conteúdo fica gravado, podendo ser assistido novamente ou visto depois, caso o estudante não tenha acompanhado na hora da exibição”, completa Bandeira.

Para auxiliar nesse processo de relacionamento, todos os alunos são recebidos na instituição por um tutor anfitrião, que acompanhará o estudante durante toda a sua vida acadêmica, dando apoio e esclarecendo dúvidas.

Graças aos novos recursos da tecnologia, é possível até fazer networking. O aluno pode desenvolver relações online que serão definitivas para seu futuro profissional, assim como acontece na faculdade. “Na FAM, cada curso tem uma comunidade que conecta os alunos dentro da plataforma de ensino. A área virtual funciona também como um ambiente para relacionamentos profissionais”, garante Bandeira.

Gastronomia e Pedagogia

A FAM é umas das pioneiras na oferta de cursos à distância de Gastronomia. Todos os conteúdos são produzidos na “cozinha-show” da instituição. A primeira turma começou em fevereiro deste ano.

A infraestrutura conta com cozinhas quente e fria, panificação e confeitaria, restaurante pedagógico e área de higienização com composteira eletrônica, processadora de resíduos orgânicos que reduz a produção de lixo, separação da água para reuso e uma área onde produtos descartados podem ser usados para adubagem.

A procura pelo curso é grande. Uma dúvida frequente, porém, é sobre como os alunos do curso são avaliados. A resposta, outra vez, está no relacionamento, afirma o vice-reitor. “As aulas são gravadas estimulando a interação. Em uma lição de cortes de carne, por exemplo, o docente mostra como deve ser feito, pede ao aluno que faça em casa e envie fotos e vídeos, com todo o critério para garantir que é o próprio aluno o autor daquelas atividades, para avaliação e eventual correção”.

Já o curso a distância mais procurado em todo o país é o de Pedagogia, destaca o vice-reitor da FAM. “Tem mais alunos na modalidade EAD do que na presencial”. Certamente é uma das razões por trás da alta demanda é o tamanho de mercado de trabalho nos ensinos médio e fundamental.  

“Para esse curso, construímos uma brinquedoteca virtual na plataforma da FAM”, conta Bandeira. Nela, alunos baixam conteúdos e têm acesso a uma série de atividades e espaços dedicados ao desenvolvimento de práticas lúdicas de aprendizagem, com jogos, brincadeiras, e aprende como trabalhar com diferentes materiais, inclusive recicláveis.   

“E está prevista mais uma novidade nos cursos de EAD da FAM: a instituição oferecerá a graduação em Educação Física bacharelado e licenciatura. O curso deve entrar na grade online em 2020”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.