Tarso diz que Enade ainda será aperfeiçoado

O ministro da Educação, Tarso Genro, disse que as críticas ao Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (Sinaes) são normais, já que osistema é novo e está sendo aperfeiçoado. O ministro considerou natural a possibilidade de as universidades estaduais paulistas não participarem do primeiro Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade)."As estaduais não fazem parte do sistema federal e têm autonomia para participar ou não da avaliação. Mas, até agora, já tivemos uma ótima adesão, de mais de 60% das instituições estaduais", afirmou, registrando que a maior parte das grandes universidades do País já aderiu ao Sinaes.No entanto, o coordenador do Conselho Nacional de Avaliação do Ensino Superior, Hélgio Trindade, disse que conversou nesta terça com os reitores das três instituições do Estado - USP, Unesp e Unicamp ? e que não há a negativa de participar da avaliação."Essa informação saiu de um encontro de pró-reitores de graduação e não é a decisão de uma universidade. Para isso, a proposta tem de passar pelos conselhos universitários e pelos próprios reitores. Pelas informações que tive diretamente dos reitores, eles estão analisando e estão interessados em participar. Não há uma posição firmada ainda", disse.Segundo Trindade, os reitores estariam buscando pontos de aproximação entre o Sinaes e o sistema estadual de avaliação para analisar o que pode ser feito para combinar os dois sistemas.

Agencia Estado,

31 de agosto de 2004 | 19h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.