Sudeste concentra cursos de pós-graduação; maior crescimento é no Norte

Maioria dos cursos de alta qualidade ainda está no Sul e Sudeste; DF concentra cursos do Centro-Oeste

estadão.com.br, estadão.com.br

14 Setembro 2010 | 14h05

O total de cursos de pós-graduação avaliados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) cresceu 20,8% no Brasil nos últimos três anos. Embora a região Sudeste ainda concentre o maior número de cursos (53,4%) e a maior proporção dos cursos considerados de excelência (78%), que são os que receberam notas 6 ou 7 na avaliação, foi o Norte do País que registrou o maior crescimento em termos de número de cursos: 35%.

 

 

Em todo o Brasil, foram avaliados 4.099 cursos, dos quais 594 (14%) atingiram nível de excelência. Foram reprovados 2% dos cursos avaliados. O maior crescimento de um Estado em todo o País foi o do Tocantins, que teve um aumento de 166,7% passando de três cursos, em 2007, para oito em 2010.

 

Na comparação de notas da Avaliação Trienal 2010 com as notas anteriores, 69% dos cursos mantiveram suas notas; 20% aumentaram; e 11% tiveram notas reduzidas.

 

Em termos de qualidade, na região Norte há apenas dois cursos, ou 1% do total de 157, considerados de excelência, com nota 6. A maioria, 79 (50%) atingiu a nota mínima exigida pela avaliação, 3. Outros 69 obtiveram avaliação intermediária, entre 4 e 5.

 

Segundo comunicado da Capes, a disparidade qualitativa em relação ao Sudeste se explica pelo fato de os cursos do Norte ainda estarem em fase de consolidação.

 

A região Sul é a segunda maior em quantidade de cursos, 810, ficando atrás apenas do Sudeste.  Também é a segunda maior porcentagem de cursos de excelência. Dos 810 cursos, 91 receberam notas 6 ou 7.

 

No Nordeste, dois Estados tiveram crescimento maior ou igual a 100% na pós-graduação. Sergipe mais que duplicou seu número de cursos, saltando de 13 para 27 (107,7%). Outro Estado que dobrou o número de cursos nesses últimos três anos foi o Piauí, que passou de 10 para 20 cursos.

 

A região Nordeste teve, no total, um crescimento na pós-graduação de 31,3% desde a última avaliação trienal em 2007. Há, atualmente, 672 cursos de mestrado, doutorado e mestrado profissional na região.

 

No Centro-Oeste, o Distrito Federal reúne o maior numero de cursos. De um total de 270 cursos avaliados na região, 135 são do DF. Os 135 restantes estão distribuídos pelos estados de Goiás (71), Mato Grosso (26) e Mato Grosso do Sul (38).

Mais conteúdo sobre:
capespós-graduação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.