SP ganha escola gratuita de informática e cidadania

Uma escola gratuita que abre as portas do mundo digital a pessoas que nunca tiveram acesso ao sistema. É o que propõe a Escola de Informática e Cidadania (EIC), uma parceria da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) - que cede local e materiais - com a empresa de infra-estrutura de transportes Alstom, responsável pelos professores, computadores e mobiliário. Nesta quinta-feira, será inaugurada a segunda unidade da escola, na Lapa.A iniciativa da EIC surgiu em 2002, beneficiando 90 pessoas com o curso básico de informática e 32 com o curso avançado, ambos gratuitos. Na nova unidade estão inscritos 40 alunos, com média de idade de 30 anos, que participam do programa ´Frentes de Trabalho´, do governo estadual.Os cursos têm carga horária de três horas semanais e duram três meses. Durante esse período, os alunos aprendem desde noções básicas de informática até conhecimentos de programas mais avançados.

Agencia Estado,

22 de abril de 2004 | 01h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.