SP contratará 2.430 professores em emergência

Os professores que estão à espera de uma oportunidade no mercado de trabalho devem ficar atentos. Nos próximos dias a Prefeitura de São Paulo deve anunciar as normas do concurso para a contratação de 2.430 profissionais em caráter de emergência, com carga horária de 20 horas por semana.A autorização para o concurso já foi publicada no Diário Oficial do Município na semana passada. Uma portaria da Secretaria Municipal de Educação deve informar, no prazo de até 120 dias, todos os detalhes do processo seletivo.Do total de vagas previsto, 2.200 são para professor-adjunto de ensino fundamental II (antigo 1.º grau), 200 para professor-adjunto de educação infantil e 30 para professor-adjunto de ensino médio (antigo 2.º grau).A remuneração varia de R$ 493,36 a R$ 596,00. Será de R$ 493,36 para professor-adjunto de ensino fundamental II e para professor-adjunto de educação infantil; de R$ 559,59 para professor- adjunto de ensino médio com licenciatura curta; e de R$ 596,00 para professor-adjunto de ensino médio com licenciatura plena.

Agencia Estado,

08 de março de 2004 | 10h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.