Sociólogo suíço fala sobre métodos de ensino em congresso

?A Escola de A a Z? é o tema da palestra que o sociólogo suíço, Philippe Perrenoud fará no primeiro dia do 13º Educador - Congresso Internacional de Educação - que será realizado de 3 a 6 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo, com o tema Como o mundo anda educando - O que o Brasil tem a aprender e a ensinar. Simultaneamente acontece a 13ª Educar - Feira Internacional de Educação, mostra de produtos e serviços para instituições de ensino e o 2º Educador Management - Seminário Internacional de Gestão em Educação.Conhecido por suas idéias sobre avaliação em sala de aula e sobre a profissionalização do professor, Philippe Perrenoud é autor de várias obras consideradas leitura obrigatória para os profissionais de ensino. Entre elas estão Avaliação - Da excelência à regulação das aprendizagens, Construir as competências desde a escola, Pedagogia Diferenciada e o best-seller Dez novas competências para ensinar.Durante a palestra, o sociólogo falará sobre a necessidade da escola contemporânea buscar um posicionamento diante do contexto de mudanças históricas e sociais, com a reconstrução dos próprios conceitos sobre o que é educar e sobre qual é o papel da educação no mundo atual. Além de Perrenoud, mais oito educadores internacionais farão palestras no Congresso. A canadense Nancy L. Knowlton desenvolverá o tema Criando hoje a sala de aula do século XXI. O francês Bernard Charlot falará sobre Os jovens e o saber: o que os alunos do mundo todo esperam da escola. A italiana Luisa Zecca tratará sobre As 10 palavras - chave da pedagogia da infância.O inglês Guy Claxton abordará o tema Construindo o poder de aprender e o francês Charles Hadji, Escola: um lugar onde se pode errar sem medo. Os portugueses Teresa Vasconcelos e Saul Neves de Jesus desenvolverão, respectivamente os temas A Educação Infantil ainda está por se construir e Professor motivado, escola nota 10. Os interessados em visitar a Feira poderão imprimir o convite pelo site do Educador que dará acesso livre de 3 a 5 (quarta a sexta-feira) de maio. No sábado, 6, último dia do evento, a entrada ao pavilhão será cobrada.

Agencia Estado,

26 de abril de 2006 | 18h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.