Sociólogo Marcel Bursztyn vai dirigir a Capes

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tem um novo presidente: o sociólogo Marcel Bursztyn. A nomeação foi oficializada no Diário Oficial de quarta-feira, em substituição a Carlos Jamil Cury, que deixou o cargo por motivos de saúde.Bursztyn, que dirigia o Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília, é um antigo colaborador do ministro da Educação, Cristovam Buarque. Na época em que Buarque governou o Distrito Federal, o sociólogo era assessor de Planejamento.Bursztyn era apontado como o mais cotado para o lugar de Jamil Cury, dada sua proximidade com o ministro e o fato de ser um acadêmico. Autor de vários livros, o novo presidente da Capes escreveu também Cristovam Buarque - O semeador de Utopias.

Agencia Estado,

22 de agosto de 2003 | 06h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.