'Só volto se garantirem que terei seguranças', diz Geisy

A estudante confirmou que recebeu propostas de bolsa integral para estudar em duas universidades

Marcela Spinosa, do Jornal da Tarde,

10 Novembro 2009 | 15h23

A estudante de turismo Geisy Arruda, que foi hostilizada e xingada por um grande número de estudantes da Uniban por estar usando um vestido curto, afirmou na tarde desta terça-feira, 10, que só volta a estudar na universidade se for acompanhada por, no mínimo, três seguranças.   MEC arquiva pedido de investigação sobre a Uniban  UNE comemora revogação da expulsão da estudante da Uniban  Assessores haviam desaconselhado punição     Geisy diz que tem medo de passar  novamente pelo que passou e de sofrer retaliações dos alunos. "Só volto se garantirem que terei seguranças. Estou com muito medo porque os alunos estão revoltadíssimos".   A estudante confirmou que recebeu propostas de bolsa integral para estudar em duas universidades: uma em Porto Alegre e outra em Ribeirão Preto. Ela disse que ficou muito feliz porque é uma forma das universidades reconhecerem que ela sofreu um abuso. A estudante afirmou também que vai pensar nas propostas.   "Tenho que ver, porque tenho minha família. É um caso para estudar. Só o fato de outras universidades se manifestarem já me deixa muito contente", diz ela, que reforçou que não pretende concluir o curso de turismo na Uniban.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.