Sisutec oferece 291 mil vagas em cursos do Pronatec

As inscrições abrem na segunda-feira, dia 17, para quem quer fazer um curso superior técnico

O Estado de S. Paulo, BRASÍLIA

13 Março 2014 | 17h53

A partir da próxima segunda-feira, dia 17, o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação (MEC) vai ofertar 291.338 vagas em cursos técnicos do Pronatec para candidatos que já tenham concluído o ensino médio. As inscrições deverão ser feitas exclusivamente no endereço eletrônico sisutec.mec.gov.br e se encerram no dia 21 de março. Não é cobrada taxa de inscrição ou matrícula.

Os cursos deverão ser feitos por alunos que já cursaram o ensino médio em rede pública de ensino ou em instituições privadas na condição de bolsista integral – o aluno também deverá ter realizado a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As vagas ofertadas pelo Sisutec dizem respeito a cursos oferecidos por instituições federais de educação profissional e tecnológica, escolas técnicas vinculadas a universidades federais, escolas técnicas estaduais e municipais, serviços nacionais de aprendizagem, instituições de ensino superior privadas e escolas técnicas de nível médio privadas. O objetivo do Pronatec é qualificar mão de obra para o mercado de trabalho.

Em relação à edição anterior do Sisutec, houve um avanço de 21,5% na quantidade de vagas ofertadas. “Há uma preocupação muito grande que a oferta do Pronatec seja uma oferta de qualidade. Esse crescimento é consistente, o Pronatec é um programa que vem se consolidando, conseguimos atingir um número significativo de matrículas, especialmente nos cursos técnicos”, comentou o ministro da Educação, Henrique Paim.

A região sudeste concentra o maior número de vagas do Sisutec (162.339, ou 55,72% do total), seguida pelas regiões nordeste (42.086), sul (40.456), centro-oeste (33.897) e norte (12.470). Só no Estado de São Paulo serão ofertadas 86.395 vagas. Do total de vagas ofertadas pelo Sisutec, 246.228 são de responsabilidade de instituições privadas (84,5% do total).

Entre os eixos tecnológicos do Sisutec estão ambiente e saúde, informação e comunicação, gestão e negócios, processos industriais, segurança, turismo e infraestrutura. De acordo com Paim, o orçamento do MEC para as ações do Pronatec neste ano é da ordem de R$ 3 bilhões.

O Pronatec já alcançou ao todo mais de 6 milhões de matrículas – 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de formação inicial e continuada. O objetivo do governo Dilma Rousseff é chegar a 8 milhões de matrículas até o final deste ano.

De acordo com o ministro da Educação, a presidente Dilma Rousseff manterá a agenda de viagens Brasil afora para entregar diplomas para alunos formandos do programa. “Temos feito uma série de formaturas e há um interesse, não só da presidente, mas das próprias comunidades, de fazer parte desse momento de celebração”, afirmou Paim.

Cronograma. O MEC deverá divulgar o resultado da primeira chamada do Sisutec no dia 25 de março. A matrícula deverá ser feita entre os dias 26 e 28 de março, com o resultado da segunda chamada sendo divulgado no dia 1º de abril. As vagas remanescentes, por sua vez, ficarão disponibilizadas a interessados de 7 a 13 de abril – nesses casos, não será exigida a participação no Enem 2013.

Mais conteúdo sobre:
Sisutec, Enem, Pronatec,

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.