Sindicato afirma ter R$ 35 mil para pagar fianças

Sintusp garante ter recolhido dinheiro com central, mas acredita que secretário vai liberar alunos sem necessidade de pagamento

Carlos Lordelo, do Estadão.edu,

08 de novembro de 2011 | 17h26

O diretor do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp) Magno de Carvalho disse que a entidade já tem R$ 35 mil para pagar a fiança dos 70 estudantes da USP detidos no 91º Distrito. Ele afirmou que o dinheiro foi arrecadado com a central sindical CSP-Conlutas, à qual o sindicato é filiado.

A fiança de cada estudante foi fixada em 1 salário mínimo, ou R$ 545. Se todos os alunos saírem sob pagamento de 1 mínimo, o montante necessário chegará a R$ 38,1 mil.

Apesar de afirmar que já dispõe do dinheiro, Carvalho disse que não pretende usá-lo. O Sintusp espera que os alounos consigam um habeas-corpus ou sejam liberados por decisão da Secretaria da Segurança.

Pela manhã, Carvalho tinha defendido a revogação do convênio que permite à PM policiar o câmpus. “Tenho muito mais medo da polícia do que de assaltantes. A polícia são os bandidos de farda”, disse. “Tem uma quadrilha especializada em roubar o patrimônio da USP, recentemente levaram vários computadores de uma unidade. Mas disso ninguém fala.”

Mais conteúdo sobre:
usp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.