Serra diz que vai dar ´uma turbinada´ na Educação de SP

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou nesta sexta-feira, 23, que pretende fazer uma grande ofensiva na área da Educação e no ensino técnico, incluindo a implantação de projetos e programas que desenvolveu na Prefeitura.Ele citou, por exemplo, o programa ler e escrever, aulas de reforço na quarta série, duas professoras por sala de aula no primeiro ano para reforçar o aprendizado e a alfabetização e a revisão, a partir do ano que vem, da progressão continuada - em vez de quatro para dois anos."Vamos dar uma turbinada como nunca houve na história de São Paulo nessa área", destacou ele, após participar de cerimônia de retomada das obras do Fórum Criminal de São José dos Campos, no Vale do Paraíba.Ainda sobre Educação, Serra evitou polemizar com o ex-secretário de Educação do governo Geraldo Alckmin, Gabriel Chalita, que criticou a sua gestão, dizendo que o governo Serra começava muito mal porque havia reduzido, pela metade, o projeto Escola da Família (que prevê a abertura de escolas aos finais de semana). "Realmente eu não estou voltado, agora, para o que aconteceu e porque aconteceu. Isso é interessante do ponto de vista acadêmico e até de uma campanha eleitoral, mas não para efeito de governo, que tem de olhar pra frente," limitou-se a comentar.

Agencia Estado,

23 de março de 2007 | 18h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.